TCC - TD, Nas aulas de audiovisual

Como planejar um projeto audiovisual?

Produção da imagem é uma das áreas de conhecimento dos cursos de Tecnologia em Design Gráfico e Bacharelado em Design do Departamento Acadêmico de Desenho Industrial (DADIN), incluindo disciplinas como Fotografia, Animação e Audiovisual. Mas é claro, há muitas outras disciplinas que dialogam com o campo de Produção da Imagem como História da Arte, História do Design, Teoria da Cor, Semiótica e Design e Cultura. 

Ainda que os cursos se concentrem no Design, o seu trabalho de final de curso (TCC/ TD) pode ser um projeto audiovisual. Mas como construir um projeto de pesquisa que propõe uma produção audiovisual? Quais são as etapas e os procedimentos metodológicos? Com essa postagem eu espero lhe apontar algumas possibilidades de trabalho. 

Um livro bacana para começar é “Criação de Curta-metragem em vídeo digital – uma proposta para produção de baixo custo”, do Alex Moletta. Algumas das estratégias que apresento nesta postagem estão descritas no livro, que está disponível na biblioteca da UTFPR. 

De modo geral, um audiovisual de baixo orçamento vai passar por três etapas: pré-produção, produção e pós-produção, e você vai precisar descrever como vai trabalhar em cada uma delas.

É claro, nem todo filme tem elenco. O seu projeto pode ser experimental ou de entrevistas, e tudo isso vai interferir no que será necessário em cada etapa de trabalho. Se o projeto for uma colagem feita a partir de filmes existentes, por exemplo, a maior parte do trabalho irá recair na elaboração do roteiro, na coleta em banco de imagens e em muito tempo de edição. De todo modo, os próximos parágrafos apontam para um caminho possível e que pode ser adaptado conforme o projeto. 

  1. Pré-produção
O roteiro é o ponto de partida do projeto e será distribuído à toda equipe. É a partir do roteiro que muitos caminhos do trabalho serão desenhados. Com o roteiro pronto, na fase de pré-produção você vai precisar definir:
Equipe técnica - quem trabalha na produção, direção, direção de arte, fotografia, edição, etc?
Elenco, figurantes, entrevistados/as - quem são as pessoas que aparecem na tela?
Figurinos, cenários, locações - onde a história será filmada? o que as pessoas vestem? o que precisa estar em cada cena? Será preciso emprestar, comprar ou montar alguma coisa? Talvez você precise enviar uma carta de solicitação de apoio para algumas instituições ou pessoas. 
Iluminação e fotografia - que tipo de iluminação será necessária em cada caso? Quais equipamentos de filmagem e iluminação serão necessários? 
Contratos de trabalho - em projetos de baixo orçamento muitas vezes a equipe é bastante reduzida e não há remuneração. Independentemente de como funcionar o seu projeto, é na fase de pré-produção que se organizam documentos de trabalho como termos de colaboração, de autorização de uso de locações (em bares e restaurantes, por exemplo) e de uso de imagem e áudio (para elenco e/ou entrevistados/as). Talvez, antes de estabelecer parcerias, você precise de uma carta de apresentação com um breve resumo do projeto, descrevendo de modo preciso o seu pedido. 
Cronograma geral - haverá ensaios e testes com os equipamentos? visitas à possíveis locações? Estudos de cenário e figurino? Quando as filmagens começam, quando terminam? Todas essas ações necessárias devem entrar no cronograma! A produção é guiada pela ordem do dia, com um planejamento de trabalho para cada dia de gravação. E claro, se você tem muitas cenas para serem produzidas em um mesmo lugar, deve concentrar as filmagens para um mesmo dia. Todo esse planejamento visando o melhor aproveitamento possível do tempo e dos espaços é feito na etapa de pré-produção e orienta a fase seguinte, a produção. 

2. Produção

É a fase das filmagens! É preciso incluir no cronograma de produção o tempo para preparar locações, montar cenário e figurino, preparar os equipamentos, coletar assinaturas nos termos de autorização e de trabalho, filmar, desmontar os cenários, alimentar a equipe, devolver equipamentos (no caso de empréstimos e aluguéis). As gravações podem envolver ainda o transporte de pessoas da equipe técnica ou do elenco e o estudo das condições meteorológicas (principalmente nas cenas externas ou quando a luz natural for a principal fonte de iluminação à disposição). 

3. Pós-produção / finalização

Essa é a etapa de edição, finalização e divulgação. Antes da edição iniciar, é preciso assistir o material bruto e selecionar as imagens que seguem adiante. Um projeto pode ter vários “cortes”, ou seja, várias versões da edição. A pós-produção/ finalização inclui também trilha sonora (se houver), tratamento de som, lançamento e divulgação. É importante incluir nesta etapa uma “projeção-teste” que é uma exibição para um público restrito que pode contribuir com impressões e sugestões para o corte final. Você pode inclusive pedir que preencham uma avaliação da "projeção-teste" por escrito. É interessante que participem dessa avaliação pessoas relacionadas ou alheias ao tema do projeto, assim é possível acessar leituras de diferentes pontos de vista sobre o trabalho. 

FRANÇA, Ana Claudia C. V. de. Como planejar um projeto audiovisual?. Blog Plástico Bolha, 2021. Acesso em: . Disponível em: <https://anafranca.com.br/como-planejar-um-projeto-audiovisual/>.


Publicado por Ana França

Sou professora no Departamento Acadêmico de Desenho Industrial (DADIN) da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), no campo de Narrativas Visuais e Produção da Imagem. No doutorado pesquisei sobre mulheres no circuito de cinema em Curitiba, entre 1976 e 1989 (PPGTE/UTFPR). Dedico-me a projetos em narrativas visuais e investigações sobre mulheres no audiovisual, nos cruzamentos entre história, narrativa, literatura, texto e imagem.